Nova Vida sob a Luz da Bíblia

Tratamento do Livro de Mateus

Coloque sua vida financeira e sua casa Sob a proteção da Bíblia

Baseado no livro de Mateus na Bíblia, para abençoar a casa e a sua vida.
A benção de São Mateus

Tratamento de São Mateus

Reabilitamos um antigo costume do povo brasileiro que ao invés de fotos de jogadores de futebol ou cantores, mantinha na casa, quadros como o Sagrado Coração, Família Sagrada e no verso um poderoso trecho da Bíblia que vamos te mostrar como fazer e alcançar muitas bênçãos na sua vida.

RECEBA O CONSOLO NAS ADVERSIDADES
Antigas práticas estão desaparecendo, principalmente depois que a religião se tornou um artigo de consumo e os fiéis estão sendo disputados num mercado semelhante ao Templo de Jerusalém, perdendo aquela fé espontânea e simples de antigamente.

Isso pode ser percebido nas casas hoje em dia, onde não se vê símbolos religiosos, mas cartazes com fotografias de artistas e jogadores, verdadeiros ídolos a quem são prestadas reverências.

Antigamente, porém, era comum nas casas a existência de um quadro do Sagrado Coração de Maria ou do Sagrado Coração de Jesus, tendo, no seu verso, copiado, em papel branco, as bem-aventuranças. (Mt 5:1-12)

Experimente, copiar este trecho das Bem aventuranças em uma folha em branco e colocar atrás de uma imagem que você tenha em casa ou dentro da sua Bíblia, ou ainda, embaixo de uma imagem de anjo ou santo da sua devoção.

Enquanto escreve o texto, medite no que mais precisa, na paz que deseja, nas conquistas que tanto sonha e obtenha vitórias!

O texto que você deverá Copiar:

Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.
Mateus 5:3-12

A História de Mateus Apóstolo de Cristo

São Mateus, Mateus Evangelista ou Mateus Apóstolo (“Dom de Javé” ou “Presente de Yawh”, hebraico padrão é, pelo relato dos Padres da Igreja, o autor do Evangelho de Mateus e um dos Doze Apóstolos.

Adicionalmente, Jerónimo (em De Viris Illustribus, cap 3[2]) e Eusébio de Cesareia[3] citam Mateus como autor do Evangelho dos Hebreus.

Mateus o Coletor de Impostos, um dos primeiros seguidores de Jesus.

Entre os primeiros seguidores e apóstolos de Jesus, Mateus é mencionado em Mateus 9:9 e Mateus 10:3 como tendo sido um coletor de impostos de Cafarnaum que foi convidado para o círculo dos Doze por Jesus. Ele também é mencionado como um dos doze apóstolos, embora sem a menção de sua profissão anterior, em Marcos 3:18, Lucas 6:15 e Atos 1:13. Ele é geralmente identificado como sendo o Levi, filho de Alfeu, também coletor de impostos e que é citado em Marcos 2:14 e Lucas 5:27.[4]

Durante a ocupação romana, que iniciou em 63 a.C. com a conquista de Pompeu, Mateus coletava impostos do povo hebreu para Herodes Antipas, o tetrarca da Galileia.[4] Sua coletoria estava localizada em Cafarnaum. Judeus que enriqueciam desta maneira eram desprezados e considerados párias. Porém, como um coletor de impostos, ele deve ter sido alfabetizado em aramaico (ainda que provavelmente não em grego nem em latim)[5][6][7].

Foi neste cenário, perto de onde hoje está Almagor, que Jesus convidou Mateus para ser um dos Doze Apóstolos. Após o chamado, Mateus convidou Jesus para um banquete em sua casa. Ao ver isto, os escribas e os fariseus criticaram Jesus por cear com coletores de impostos e pecadores. A provocação fez Jesus responder, «Não vim chamar os justos, mas os pecadores ao arrependimento.» (Lucas 5:29)[7]. Jesus assim Como entrou na casa de Zaqueu que também era coletor de impostos, Lucas 19.

O Evangelho de Mateus

 

.
Os cristãos do tempo de Mateus ainda se consideravam judeus e, como tais, eles adoravam no Templo[12]:pp. 957 & 722[16] e reverenciavam a Lei dada por Deus a Moisés. Eles também reverenciavam uma tradição oral chamada Torah Shebeal Peh, que interpretava a lei escrita. Foi neste contexto cultural (chamado de Sitz im Leben) que a tradição oral cristã nasceu, conforme Jesus e rabinos cristãos desenvolveram a “mensagem” (evangelios) oral interpretando a lei escrita.[17][18][19].

Quando o Segundo Templo em Jerusalém foi destruído em 70 d.C., esta tradição oral não era mais possível e se tornou necessário escrevê-la, o que ocorreu na Mishnah (parte do que seria posteriormente o Talmude)[20][21][22][23][24]. Acredita-se que Mateus traduziu a “tradição oral cristã” (ou Logia) na forma escrita antes de partir para Roma[15][b].

Orígenes afirma que o primeiro evangelho foi escrito por Mateus [25][26]. Este evangelho foi escrito em hebraico em Jerusalém para ser utilizado por cristãos-judeus e traduzido para o grego, embora esta não tenha sobrevivido. Uma cópia do original hebraico era mantido na Biblioteca Teológica de Cesareia Marítima. A comunidade nazarena transcreveu uma cópia para Jerónimo, que a utilizou em sua obra De Viris Illustribus[2]. O Evangelho de Mateus era então chamado de “Evangelho dos Hebreus” [27] ou, às vezes, “Evangelho dos Apóstolos”[28][29][30] e acredita-se que ele foi o original “Mateus grego” encontrado na Bíblia. Porém, esta interpretação foi contestada por estudiosos modernos como Bart Ehrman e James Edwards[c][31][32][33][34].

Os padres da Igreja Epifânio de Salamina e Jerônimo de Estridão mencionam um evangelho primordial, o hoje perdido Evangelho dos Hebreus, que foi parcialmente preservado nos escritos deles, e que teria sido escrito por Mateus[33]. Epifânio porém não afirma por si que o autor seria Mateus, ele apenas afirma que esta era a crença dos heréticos Ebionitas[34]. Certos estudiosos hoje em dia, notavelmente Raymond E. Brown, acreditam que “o evangelho canônico de Mateus foi escrito em grego por alguém que não foi testemunha ocular e cujo nome é desconhecido para nós e que dependia de fontes como o Evangelho de Marcos e a fonte Q”[35], uma teoria conhecida como Prioridade de Marcos.

Fonte>
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mateus_(evangelista)

Compartilhe:

Mais Posts:

Simpatias poderosas com sal grosso para afastar o mal.

Banho do Manjericão

Poderoso banho Descarrego com Manjericão e Sal Grosso  Quando o nosso corpo se encontra carregado com energia negativa, nosso pensamento e atitude ficam influenciadas por uma vibração

O Horóscopo das Horas e você

Horóscopo das Horas

Horóscopo das Horas e revelações da personalidade Diga a que horas você nasceu e eu te direi como você é! O Horóscopo das Horas revela

Magia para Causas Urgentes

A Magia para Soluções Urgentes

Magia do Alecrim de São Miguel para causas urgentes De acordo com as Escrituras Sagradas, São Miguel Arcanjo é conhecido também como o Arcanjo da