Outros tempos; que tempos!

 

E a mudança que não vinha
O céu que não se abria
Os deuses que não sabiam
Que a culpa era sempre deles por aqui
E a tristeza que a gente já tinha
Há muito represada nas ruas
Inundava nossas casas e vidas.

Nunca nós mesmos,
Entre acúmulos e guerras
Ansiedades e misérias
O divino era ser Eu,
Sem reservas,
Sem partilhas,
Máscaras jogadas ao chão
Coração pulando nas mãos
Tudo isso, tudo,
Enquanto eu vinha.

E se a gente morrer fosse salvar o mundo?
O divino ainda seria Eu?
Outros tempos; Que tempos!

Bruno Amorim Gaefke

Compartilhe:

Mais Posts:

Simpatias poderosas com sal grosso para afastar o mal.

Banho do Manjericão

Poderoso banho Descarrego com Manjericão e Sal Grosso  Quando o nosso corpo se encontra carregado com energia negativa, nosso pensamento e atitude ficam influenciadas por uma vibração

O Horóscopo das Horas e você

Horóscopo das Horas

Horóscopo das Horas e revelações da personalidade Diga a que horas você nasceu e eu te direi como você é! O Horóscopo das Horas revela

Magia para Causas Urgentes

A Magia para Soluções Urgentes

Magia do Alecrim de São Miguel para causas urgentes De acordo com as Escrituras Sagradas, São Miguel Arcanjo é conhecido também como o Arcanjo da